Pão de Aveia e Mel

Postado em domingo, 1 de dezembro de 2013 |

Pão de Aveia e Mel



Ingredientes:

4 xícaras (chá) de farinha de trigo especial Fleischmann (440 g)
4 xícaras (chá) de farinha integral (480 g)
1 sachê de fermento biológico seco (10 g)
¾ de xícara (chá) de farinha de aveia (70 g)
½ colher (sopa) de sal (7 g)
1 sachê de melhorador de farinha pão certo (10 g)
½ xícara (chá) de mel (145 g)
¾ de xícara (chá) de aveia em flocos (40 g)
2 xícaras (chá) de uva passa branca (240 g)

Para decoração:
¾ de xícara (chá) de aveia em flocos (40g)

Como fazer:

Em uma vasilha, misture 1 xícara (chá) de farinha de trigo, 1 xícara (chá) de farinha integral e o fermento. Acrescente ½ xícara (chá) de água (100 ml) e misture até ficar homogêneo. Cubra com filme plástico e deixe descansar por 30 minutos ou até que dobre de volume.

Adicione o restante da farinha de trigo e da farinha integral. Junte a farinha de aveia, o melhorador, o sal e o mel. Despeje ½ xícara (chá) de água (100 ml) aos poucos, amassando a cada adição até que desgrude da vasilha e esteja homogênea. Passe a massa para uma bancada enfarinhada e sove-a. Se necessário, acrescente água aos poucos, em colheradas, e sove até a massa ficar lisa e macia e homogênea. Nesse momento, adicione a aveia em flocos e as passas e sove somente até incorporá-las.

Divida a massa em três partes iguais. Abra cada porção com auxílio de um rolo de macarrão e enrole-as em seguida, como um rocambole sem recheio, apertando bem para que não fique ar entre as dobras. Disponha as massas moldadas em três formas de bolo inglês ou em uma assadeira lisa previamente untada com óleo. Cubra-as com um saco plástico limpo e seco e deixe-as fermentar por 1 hora ou até que dobrem de volume.

Depois de fermentada, faça a decoração: polvilhe aveia em flocos sobre a superfície das massas e leve-as ao forno pré-aquecido a 180ºC por 30 minutos ou até estarem dourados e com a casca crocante.

Informações adicionais

Dica: A quantidade de líquido necessária para dar ponto na massa varia de acordo com a umidade do ar, a umidade da farinha, entre outros fatores. Adicione-o sempre aos poucos, sovando e incorporando-o à farinha até obter uma massa macia e elástica, que não grude nas mãos com facilidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário